db145 CUBO

14/03/2012

INDEX é uma coleção de faixas, selecionadas especialmente para o deepbeep. O nome foi inspirado no livro homônimo usado para listar textos proibidos durante a Inquisição. Mesclando as experimentações audiovisuais do Digigarden, passando pelo crossover retrô do PABX, pelo duo electro Visavis, visitando uma das primeiras faixas produzida pelo Neutra, INDEX é uma passeio pelo tempo. A seleção também contém duas faixas demo de seu trabalho colaborativo Copal.

INDEX é um mergulho na produção e no universo musical de Nivaldo Godoy.

Conte sobre o seu processo criativo. Da onde você tira suas inspirações e referências para construir a identidade de CUBO?
É um processo muito visual. Meu impulso para compor é um determinado clima ou uma narrativa. Minhas influências são diversas, tudo pode servir como estímulo. Sempre volto aos clássicos, gosto muito de ouvir álbuns inteiros, com calma. Quando ouço as coisas que gosto, não fragmento demais a playlist: prefiro montar blocos e ficar criando relações entre as músicas.

Como você liga a parte visual à música? Você desenvolve um primeiro que outro, ou são coisas que se complementam durante a produção?
Primeiro aparecem as imagens, começo a compor e as coisas passam a se influenciar mutuamente. É como um jogo. Sigo então ajustando as diferentes partes para chegar em algo interessante como resultado.

Da onde surgiu o interesse em produzir um trabalho autoral?
Música é uma arte muito poderosa, é uma experiência profunda de transformação. A música possui algo mágico, é uma criação humana que parece conter a essência das coisas. Uso a música como veículo de expressão, experimentação e investigação. Tento transmitir uma sequência de emoções.

Fale um pouco sobre equipamentos, softwares, técnicas, efeitos… Como é o seu formato no estúdio e ao vivo?
Me considero bastante conservador com os softwares: uso basicamente o Ableton Live e o Reason. Costumo samplear glitches, sons de vídeos, sons de K7 e outros sons acústicos. Tento criar timbres híbridos e gosto que o resultado não tenham uma equalização absolutamente perfeita e comercial, o importante é dar o clima certo. Ao vivo uso um laptop e um controlador/emulador.

Planos para 2012?
Pretendo terminar dois álbuns para este ano. Um é o Copal, projeto do CUBO em parceria com músicos de diferentes lugares e formações. O Copal é um trabalho sobre os sonhos, um tema muito interessante. O outro é o novo do PABX: “TV”. Será um álbum sobre a influência da televisão sobre as emoções dos telespectadores. Eu, o Estevan Sinkovitz e meu companheiro Panais Bouki estamos bem interessados em abordar alguns aspectos deste tema. A primeira experiência de “TV” aconteceu recentemente no Festival Catarse, na Casa das Caldeiras. Também participo de uma coletânea especial para a Conteúdo Records, selo que agora faço parte, com uma faixa inspirada na China. Convidei a Ana Eliza Colomar para tocar as flautas chinesas que comprou na última viagem para a China. Gravamos tudo e está quase concluindo.

comente

  1. avatar

    LuisDepeche disse em 9 de abril de 2012

    Emocionante, maravilhoso e intrigante!!!

  2. avatar

    tee disse em 17 de março de 2012

    Supremo! é minha definição.
    abs

avatar

db145 CUBO
ouça na radio

tracklist

00:00 | DIGIGARDEN (with Panais Bouki) – Chronos 01 | 2008
03:12 | PABX (with Estevan Sinkovitz) – Chuva [remix] | 2009
06:25 | CUBO – K7 Demagnetizer: It’s A Fine Day In The Hidden Place [mashup] | 2011
09:30 | NEUTRA (with Fernando de França) – Under Empty Places | 1998
13:15 | THE LAPTOP BOYS (with Panais Bouki) – “Wonder”, to Claudia Wonder [demo] | 2006
14:18 | CUBO – Cry feat. Dot Allison [remix] | 2008
17:40 | CUBO – Copal: Sétimo Sonho (with Astrid Hage and Gabriel Levy) [demo] | 2009
19:35 | CUBO – K7 Demagnetizer: Intro + Rolling In The Time [mashup] | 2011
23:06 | VISAVIS (with Panais Bouki) – Despedida | 2004
25:37 | PABX (with Estevan Sinkovitz) – Rádio [remix] | 2010
29:05 | VISAVIS (with Panais Bouki) – Degradê | 2005
32:11 | CUBO – Copal: Dia (with Leah Kardos and Ana Eliza Colomar) [demo] | 2009

acompanhe