Senǒide » Música e Política nº 02: Plat Du Jour

MATTHEW HERBERT

Segundo o ecologista indiano Satish Kumar, comer alimentos apropriados é parte da solução de problemas como o aquecimento global e a fome mundial: “Perdemos o controle das origens dos alimentos; a maioria de nós não sabe dizer como a comida é distribuída, tarifada, ou mesmo como é preparada.

» Continue lendo esta matéria

Senǒide » Música e Política nº 01: (Pride) A Deeper Love

a deeper love 2

Deborah Cooper em 1991


Em 28 de junho de 1969, no Greenwich Village, bairro de Nova York, um bar clube de gays, lésbicas e travestis chamado
Stonewall Inn era mais uma vez invadido pela polícia. Naquela época os bares gays americanos eram constantemente inspecionados; os policiais prendiam as travestis mais ousadas e todos os que vestiam mais de três peças do sexo oposto. A princípio não havia nada de especial naquela batida no Stonewall, até que, pela primeira vez, os LGBTs reagiram.

» Continue lendo esta matéria

Senǒide » MÚSICA & POLÍTICA » nº 00 [série]

Diferentemente do que muitos pensam, a música “eletrônica” vai além do mero escapismo. Na realidade, a música trata de tudo e qualquer coisa. Pense em algo! – Do sol às aves, do amor ao chão, da matemática ao sexo Haverá um ou mais produtores abordando o tema. 

Mas por que continua presente o estigma da vacuidade? Ou ainda: por que persiste a fama de que a “eletrônica” só serve às pistas?

» Continue lendo esta matéria

NICKY SIANO – ‘LOVE IS THE MESSAGE’

DEPOIMENTOS DOS TEMPOS INICIAIS DA ERA DISCO
(TESTIMONIALS FROM THE EARLY DAYS OF DISCO)

NICKY SIANO Interview - Danny Krivit & Grace Jones

Nicky Siano & Grace Jones (Russia)

Nome essencial da história da Disco e residente do The Gallery, Nicky Siano não poupa palavras quando se trata de trazer a tona suas memórias a respeito da era dourada dos clubes de Disco Music. Tomou a iniciativa de lançar o filme ‘Love Is The Message: One Night At The Gallery’ (1977) que retrata exatamente a época em que esteve à frente dos toca-discos do The Gallery, durante os anos setenta. “Este é o único filme sobre a era, gravado na época”, diz, referindo-se ao The Gallery, em 1977. Para ele, “os outros filmes te falam a respeito de como era; no meu filme, você realmente vive duas noites no Gallery, e termina com a sensação de querer ter estado lá. Você pode saber como foi; apenas assista ao filme. Foi a primeira vez que as pessoas puderam dançar ‘um novo tipo de música’. Nada se compara a isso“, relata o pioneiro. 

A quintessential name of Disco history and resident DJ at The Gallery, Nicky Siano doesn’t spare words when he brings on his memories about the golden era. More recently, he was involved on the release of his movie about the time he was behind The Gallery’s decks at the Seventies, according to his own words, recorded at the period itself. “‘Love Is The Message: One Night At The Gallery (1977)’ is the only film about the era, actually shot during the era.  Other releases tell you what it was like; in my film, you actually get to spend two nights at The Gallery, experience it first hand, and walk out, wishing you were there. You can see what it was like, just watch the film… it was the first time people were dancing to a ‘new kind of Music’… Nothing can compare with that”, says the pioneer.  » Continue lendo esta matéria

Electronic Standards apresenta a mixtape “Aesthetic Soul V”

“Omnia Vincit Amor”

Idealização, texto e repertório: Alain Patrick
Mixagens: Davi Rodrigues

Aesthetic Soul V Profile Pic 03

Outro dia, lembrei do famoso verso do poeta romano Virgílio (70 AC – 19 AC) “Omnia vincit Amor; et nos cedamus Amori”, sobre o sentimento mais poderoso da Terra. De forma e fonética tão magníficas quanto o conteúdo, signifca “O Amor vence tudo; cedamos nós também ao Amor.”

Pensei que, por pior que seja o seu status emocional naquele momento da sua vida e por mais piegas que possa parecer o assunto, é um dos versos de significado mais profundo já escritos. Eu sei que muita gente acha que “este tipo de coisa não faz mais sentido hoje”, já que vivemos em um mundo onde triunfaram o individualismo e os objetivos pessoais. “Não há mais espaço para isso“, dizem. Afinal, “falar de amor é coisa do passado“. Mas, apesar de estar ciente que o amor não vence sempre no dia a dia, ele tem o poder de, e ao menos dentro de nós, deveria prevalecer.  » Continue lendo esta matéria