New wave francesa, ontem e hoje

Semana passada publicamos o novo clipe da francesa Miss Kittin, e na última sexta ela fez um post no Facebook lamentando a morte de Daniel Darc, vocalista da banda francesa de new wave Taxi Girl (Daniel é segundo à esquerda na foto abaixo), que foi encontrado morto dia 28/02 após uma overdose de álcool e medicamentos.

Taxi Girl

Na esteira do triste falecimento de Daniel Darc, figura cult até os dias de hoje na cultura musical da França, e também pelas playlists aqui do deepbeep, relembramos agora três bandas legais da new wave francesa, de ontem e de hoje.

O Taxi Girl fez um grande sucesso local na França no meio dos anos 80 com poucos e bons hits e álbuns, entre eles “Cherchez Le Garçon”, do clipe acima. O som da banda trazia a estética new romantic e tinha Daniel Darc como o crooner das delícias e amarguras da música oitentista, quase um Serge Gainsbourg da new wave.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Taxi Girl – Les Armées De La Nuit

Quem fez parte do Taxi Girl como guitarrista foi Mirwais, que mais tarde se tornou produtor de música eletrônica e foi escalado para cuidar da produção de três álbuns da Madonna: “Music”, “American Life” e “Confessions on a Dancefloor”. Já Daniel Darc seguiu com carreira solo até pouco antes de seu falecimento, e ele estava trabalhando em uma autobiografia que deve ser lançada na França este ano.

Lescop

Saltando para os tempos de hoje aparece a figura do francês Mathieu Peudupin, o Lescop,  que depois de anos à frente da banda de rock Asyl lançou suas primeiras faixas solo em 2011 numa atmosfera mais cold wave – vertente obscura, minimalista e romântica do post-punk oitentista que voltou à moda recentemente, em grande parte pelo trabalho de compilação e pesquisa do selo americano Minimal Wave.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Lescop – Tokyo, La Nuit

A influência de Daniel Darc na voz e no som do Lescop é inegável, e “Tokyo, La Nuit” é a canção mais legal de seu primeiro álbum, homônimo, lançado em 2012.

É bem notável também os detalhes de produção das faixas de cold wave atuais, em comparação às canções dos anos 80 – o volume mais cristalino hoje, e a ênfase no treble era o mote do synthpop 80s; atualmente o bass divide as atenções com os tons médios, é só reparar na waveform das músicas.

Martin Dupont

 Encerramos nossa seleção de new wave francesa com uma das bandas mais cultuadas não só da França, mas de todo o synthpop. É o Martin Dupont, trio de Marselha capitaneado por Alain Seghir nos vocais, cordas, synths e programação, e um rodízio de moças que além de cantoras e tecladistas, alternavam-se como namoradas e esposas de Alain.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Martin Dupont – He Saw the Light

A banda surge no fim dos anos 70, quando a ideia e a estética post-punk ainda não era muito estabelecida e todos eram punk com sua arte contra o sistema. Mas o ápice e o momento que mais definem a carreira da banda é o disco “Hot Paradox”, de 1987. É a união perfeita entre o synth que dilui as vontades pop no mistério da música dark, uma bela contradição artística adornada por refrões lindos e grudentos, e capas artsy de discos.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Martin Dupont – Inside Out

Intensificando o elã da banda está o fato de que ela acabou de vez no fim dos anos 80, e que um box com todos os LPs da banda + remixes e outros extras foi lançado em 2009 pelo selo francês Infrastition, totalmente remasterizado, produto já devidamente esgotado.

Aqui no deepbeep quem celebrou a música do Martin Dupont foi a dupla de irmãs do Prince Rama, com a faixa “Hot Paradox” sendo um dos auges do dbmixtape “HEATIN UP VALENTINE’S DAY (DANCE IS THE BEST DEFROSTER)”. Vive la nouvelle vague, vive la France!

http://www.taxigirl.org
http://www.facebook.com/lescoplescop
http://www.facebook.com/pages/Martin-Dupont/216145585090481

avatarEscrito por Jade Gola em 4 de março de 2013

comente

avatar