“Adeus Orbital, obrigado por tudo”

orbital

Capa do disco “The Altogether”, de 2001.

Por Alexandre Bezzi

Ontem (21/10) recebi, através de um grande amigo, a notícia da fatídica dissolução do duo Orbital. Formado pelos irmãos Hartnoll há 25 anos, o projeto surgiu em meio a efervescência da cena acid house, tornaram-se ídolos da cena rave e heróis da nação eletrônica.

No site oficial ( http://www.orbitalofficial.com/news.asp) foi dada a nota em que a dupla oficializava a aposentadoria dos óculos luminosos e do live que emocionou três gerações de fãs da dance music.

 Tive o prazer de vê-los em ação no Free Jazz Festival de 1999 (ano que comecei a discotecar) e não fiquei imune à faixas poderosas como “Satan”, “Belfast”, “Halcyon and On” e “The Box”.

Gravei de maneira extra e respeitosa um mix com alguns momentos especiais deste ícone que, desde já, deixa saudades para os apreciadores de boa música.

Nada mais justo que batiza-lo de “Adeus Orbital, obrigado por tudo“.

 

Adeus Orbital, obrigado por tudo by Deepbeep on Mixcloud

 

Neste domingo pós eleições (26/10), eu, Luis Depeche, Hisato, Edu Corelli e Bispo vamos tocar algumas coisas deles em nossa reunião anual da Gang of Five no Lounge da Skol Beats Factory (+ infos na agenda).

Respect.

http://www.deepbeep.com.br/djs/bezzi/

Jovem Palerosi – Mouseen

jovempalerosi

Mouseen“, diz Jovem Palerosi, é a origem etimológica que une as palavras mosaico e música. São esses dois pressupostos que amarram bem a música eletrônica, rítmica, ambient e de policolagens e vários subgêneros que o jovem músico apresenta em seu primeiro álbum autoral, lançado por um selo japonês. » Continue lendo esta matéria

Shabazz Palaces – Motion Sickness

tr808

O ritmo e a poesia do rap geram videoclipes com narrativas impactantes, e quem atua muito bem nessa área é a dupla de Seattle Shabazz Palaces, que com o vídeo de “Motion Sickness” mostra como “life’s a bitch treat her good or she’ll get you back” (a vida é cruel, então trate-a bem ou ela se voltará contra você), dica que vale mesmo nos ambientes mais rodeados de glamour, que muitas vezes são abastecidos com uma boa dose de ceticismo, escolhas questionáveis e muita melancolia. » Continue lendo esta matéria

Metanol FM #211

485458_10205052758863029_7512870542714243939_n

Acompanhe com a gente a transmissão de mais uma edição da rádio Metanol FM. Comandado por Akin, o programa traz o melhor da música avançada ao vivo e vai ao ar todas às terças, das 20 às 22h.

» Continue lendo esta matéria

Filme celebra o ritmo e a importância da TR-808

TR-808: COMPOSITORA DE RITMOS

TR-808: compositora de ritmos, agora em filme

Não bastasse o som desse seminal sintetizador ecoar nas últimas 3 décadas da música pop e alternativa; não fosse suficiente ele ser objeto valioso de colecionador e também não foi o bastante a Roland ter ressuscitado a máquina no novo modelo AIRA, a TR-808 está de volta mais uma vez, agora como tema de um documentário, sinteticamente intitulado “808″. » Continue lendo esta matéria

Matias Aguayo, germânico, volta à Kompakt

aguayo2014

Após ilustrar seu ritmo definitivo, o Sucu Tucu, e nos contar como “energia” é a matéria-prima essencial de suas buscas musicais pessoais e para o selo Cómeme, Matias Aguayo retorna ao seu lar alemão, a Kompakt, para lançar o capcioso EP “Legende”, soturno, e de temática sobre as memórias. » Continue lendo esta matéria

Novo EP de Jimmy Edgar tem faixa com Rashad

Jimmy Edgar (Foto: N VEGA)

Jimmy Edgar (Foto: N VEGA)

Fotógrafo, rapaz estiloso, detroiter e morador de Berlim. As credenciais e as imagéticas de Jimmy Edgar estão todas na mesa, e o prato principal é seu livre e criativo manuseio de um som que pulula entre o techno e o electro, passando como um trator pela house music. Desde 2013 Edgar vem lançado uma série de EPs pela Ultramajic, selo que é empreitada do músico junto de seu amigo Machinedrum. Saiu agora “Saline”, o terceiro vinil, que se destaca por ter a participação do falecido DJ Rashad. » Continue lendo esta matéria

My anaconda YES!!!

minaj
Dois meses e 250 milhões de views no YouTube depois, “My Anaconda Don’t” já é um dos grandes sucessos do pop em 2014, com a rapper Nicki Minaj atiçando as cobras anacondas mundo afora com seu rebolado e popozão orgulhosos, esfregados na cara da sociedade. » Continue lendo esta matéria

André Paste estreia o álbum “Shuffle”

paste

De Vitória-ES para o vasto mundo online de mash-ups, faixas mixtapes que brincavam com o escracho popular brasileiro, o jovem André Paste inaugura essa semana uma nova etapa de sua produção musical autoral. “Shuffle” é um álbum independente, de download gratuito, e que mostra Paste indo além das colagens para um interessante e bem acabado ecletismo de ritmos e ironias. » Continue lendo esta matéria

Francis Bebey – Psychedelic Sanza 1982-1984

francis

Uma compilação valiosa retoma a figura de Francis Bebey, músico, escritor, cantor e jornalista de Camarões. “Psychedelic Sanza 1982-1984″ reúne faixas, spoken words e outras ambientações sonoras cinematográficas, coloridas e psicodélicas, uma viagem pelo ideário musical do que é a África. O lançamento é da Born Bad Records, selo francês descolado e que em 2011 já havia resumido outras das doidas produções musicais de Bebey em uma coletânea historiografica a partir dos anos 70. » Continue lendo esta matéria